(51) 3066.0605 | contato@inovacaoconsultoria.net.br

Outubro Rosa

Cuidados paliativos trazem alívio para quem enfrenta câncer de mama

Muitas pessoas associam cuidados paliativos com o fim da vida. Entretanto, eles são indicados para mulheres em qualquer etapa do câncer de mama, podendo complementar os tratamentos que combatem a doença ou serem a prioridade caso o tumor evolua para um estágio em que esses tratamentos tornam-se ineficazes. Os cuidados paliativos podem envolver tantos aspectos

[…]

Muitas pessoas associam cuidados paliativos com o fim da vida. Entretanto, eles são indicados para mulheres em qualquer etapa do câncer de mama, podendo complementar os tratamentos que combatem a doença ou serem a prioridade caso o tumor evolua para um estágio em que esses tratamentos tornam-se ineficazes. Os cuidados paliativos podem envolver tantos aspectos físicos quanto psicossociais.

O tratamento paliativo têm como objetivo diminuir o sofrimento e melhorar o bem estar de qualquer pessoa que tenha alguma doença séria. O foco não é curar a doença em si, mas reduzir seus sintomas e os efeitos colaterais dos tratamentos tradicionais, ajudando você e seus familiares a viver da melhor forma possível com a sua condição.

Mulheres com câncer de mama metastático que incluem cuidados paliativos ao longo do tratamento do câncer não apenas desfrutam de uma melhor qualidade de vida, mas também podem viver mais tempo, segundo estudos.

Estes cuidados assistenciais são personalizados e levam em conta seus valores, desejos e como você encara sua doença. São oferecidos por uma equipe multidisciplinar, que inclui médicos, enfermeiros, assistentes sociais, psiquiatras, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos e nutricionistas.

Como os cuidados paliativos podem ajudar você

Alívio de efeitos colaterais e sintomas físicos – como, por exemplo, dor, fadiga, náusea e perda de apetite, que são diminuídos através de medicamentos ou terapias complementares.

Apoio psicológico – especialistas em cuidados paliativos podem ajudar as pacientes e seus familiares a lidar com o impacto emocional do diagnóstico e do tratamento do câncer de mama e tratar problemas como estresse, depressão e ansiedade.

Apoio social – para ajudar com questões práticas como preocupações financeiras e jurídicas, questões de seguro, compreensão de formulários médicos etc.

Apoio espiritual – após um diagnóstico de câncer, é comum passar a olhar mais profundamente para o significado de sua vida. Os cuidados paliativos também têm como papel oferecer a oportunidade de você discutir os seus pensamentos, medos, dúvidas e crenças e, se você desejar, o contato com um líder religioso.

2017-11-16T21:22:13+00:00